Vendas de sorvetes aumentam mais de 50% com onda de calor

Vendas de sorvetes aumentam mais de 50% com onda de calor

As empresas do setor têm falado em um aumento de, pelo menos, 50% nas vendas. Mas Eduardo Weisberg, presidente da Abis, diz que alguns associados falam em até 100% de aumento. O Brasil tem hoje 11 mil empresas ligadas ao setor de sorvetes e gelatos, sendo que 92% são micro e pequenas empresas.

Tenho conversado com algumas empresas, logicamente não todas, porque não dá tempo. Pela grande maioria que tenho conversado houve um incremento, no mínimo, de 50% nas vendas, em alguns locais, algumas empresas chegando a 100%, tudo depende da região, do calor, dos produtos, mas realmente há um incremento significativo.
Eduardo Weisberg, presidente da Abis

A Oggi Sorvetes, por exemplo, relatou um aumento nas vendas de 300% desde o início dos dias mais quentes. “Estamos tendo recorde de vendas em todas as lojas as lojas nos últimos 3/4 dias”, disse Rodrigo Mauad, fundador da empresa. Já a Sorvetes Rochinha, fala em um aumento de 200% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Apesar da alta da demanda, não faltou mercadoria. Isso porque o setor já preparava sua produção e estoque para o verão, que começa em dezembro.

Obviamente que [as empresas] estão repondo agora os produtos, trabalhando mais intensamente, mas não houve falta. [Houve] algum probleminha esporádico ou pontual, mas quem realmente está trabalhando muito, abrindo mais cedo e fechando mais tarde, são as sorveterias e gelaterias, aproveitando esse boom de vendas.
Eduardo Weisberg, presidente da Abis

Falta de energia não atrapalhou

A região Sudeste é a que mais consome sorvete no país, segundo números da Abis. Ela é responsável por 52% do consumo no país. Depois vêm as regiões Nordeste (19%), Sul (15%), Centro-Oeste (9%) e Norte (5%).

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *