Semana é marcada por dados de inflação, ata do Copom e CMN

Semana é marcada por dados de inflação, ata do Copom e CMN

Veja as principais notícias que impactam o seu bolso hoje.

Assista ao vivo aos destaques dos mercados, com análises dos especialistas de Research do PagBank, e se prepare para investir melhor.

Acompanhe o programa diariamente, de segunda a sexta-feira, às 8h40, e fique bem informado sobre todas as notícias e mudanças que impactam os mercados. Aproveite também para tirar suas dúvidas sobre investimentos.

O programa é apresentado pela equipe de Research e Economia do Pagbank.

Conheça a página de Investimentos do UOL, onde você tem orientações sobre como investir melhor para conquistar um sonho e garantir seu futuro.

Veja a análise do dia no vídeo a seguir, confira os destaques noticiosos mais abaixo e tenha um bom dia de investimentos:

O que move os mercados

Aqui no Brasil, a agenda da semana está repleta de indicadores de inflação, com IPCA-15 e INCC sendo divulgados nesta terça-feira (27) e IGP-M na quinta-feira (29). Na sexta-feira (30), teremos a divulgação da taxa de desemprego de maio.

Tão importante quanto os indicadores que serão divulgados é a reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN), que ocorrerá na quinta-feira, onde poderá ser discutida uma mudança na meta de inflação de forma a permitir que o Banco Central seja mais flexível a reduzir os juros, deixando a inflação oscilar um pouco mais.

Nessa manhã, as bolsas europeias e os mercados futuros de Nova York recuam diante das perspectivas de crescimento econômico e condução da política monetária que vêm sendo carregados desde a última semana com as sinalizações do Fed (Federal Reserve) e subidas de juros ao redor do mundo.

Embora a incerteza geopolítica tenha aumentado no fim de semana com a tentativa de motim do grupo mercenário russo Wagner contra Putin, o impacto nos ativos financeiros deve ser baixo. O impacto maior vemos no preço do trigo, uma das principais commodities da Ucrânia subindo quase 3%.

A agenda norte-americana está mais vazia hoje, mas na semana teremos dados importantes como vendas de imóveis, de bens duráveis e vendas do varejo, a terceira revisão do PIB, bem como do PCE e os dados de expectativa de inflação da Universidade de Michigan. Enquanto na Europa a agenda carrega dados de confiança na economia e dados de inflação.

Na Ásia, a bolsa de Shanghai retorna do feriado atualizando as quedas de quinta e sexta e cai mais do que as demais bolsas asiáticas.

Na China os gastos dos viajantes durante o feriado da semana passada foram mais baixos do que os níveis pré-pandemia, de acordo com dados oficiais divulgados neste fim de semana, exibindo a perda de força na retomada econômica pós-covid.

Japão e China divulgarão dados referentes à indústria essa semana e que podem mexer com os mercados, de commodities principalmente os dados chineses. Nessa manhã, o minério em Cingapura opera em queda aos US$ 108 e o petróleo Brent com leve alta aos US$ 74.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *