Quais rotas mais voadas e capitais com menos voos n

Quais rotas mais voadas e capitais com menos voos n

Levantamento a partir dos dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) mostra quais as dez rotas domésticas mais voadas no Brasil e as capitais com menos voos. Os dados envolvem voos comerciais realizados em 2022.

Quais as principais conexões?

A principal conexão no país ainda é a ponte aérea Rio de Janeiro-São Paulo. Ao todo, foram 29.324 decolagens entre os aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ).

O aeroporto da capital paulista ainda aparece em várias outras posições entre os dez aeroportos com maior números de operações comerciais regulares no país. Veja abaixo o ranking:

1) São Paulo (Congonhas) e Rio de Janeiro (Santos Dumont) – Ponte aérea

  • Operações: 29.324 decolagens
  • Média diária: 80 decolagens

2) São Paulo (Congonhas) e Porto Alegre (RS)

  • Operações: 12.673 decolagens
  • Média diária: 35 voos

3) São Paulo (Congonhas) e Belo Horizonte (Confins/MG)

  • Operações: 12.574 decolagens
  • Média diária: 34 voos

4) São Paulo (Congonhas) e Brasília (DF)

  • Operações: 12.275 decolagens
  • Média diária: 34 voos

5) Porto Alegre (RS) e Guarulhos (SP)

  • Operações: 11.260 decolagens
  • Média diária: 31 voos

6) Guarulhos (SP) e Belo Horizonte (Confins/MG)

  • Operações: 10.769 decolagens
  • Média diária: 30 voos

7) Recife (PE) e Guarulhos (SP)

  • Operações: 10.448 decolagens
  • Média diária: 29 voos

8) Rio de Janeiro (Santos Dumont) e Brasília (DF)

  • Operações: 12.213 decolagens
  • Média diária: 28 voos

9) Guarulhos (SP) a Curitiba (Afonso Pena, em São José dos Pinhais/PR)

  • Operações: 9.471 decolagens
  • Média diária: 26 voos

10) São Paulo (Congonhas) e Salvador (BA)

  • Operações: 8.966 decolagens
  • Média diária: 25 voos

Cidades com menos voos

Enquanto São Paulo e Rio de Janeiro despontam como as principais conexões, diversas capitais possuem um nível bem baixo de operações.

Guarulhos (SP) foi o aeroporto que teve o maior número de decolagens em 2022, com quase 174 mil voos. De outro, Boa Vista (RR) registrou apenas 2.745 voos ano passado.

Somados, os aeroportos que servem as dez capitais com menor quantidade de pousos e decolagens no país não alcançam 40% da movimentação do aeroporto de Guarulhos. Veja abaixo as cidades com menos voos:

1) Roraima (RR) – Atlas Brasil Cantanhede –

  • 2.745 pousos e decolagens

2) Rio Branco (AC) – Plácido de Castro

  • 2.874 pousos e decolagens

3) Macapá (AP) – Alberto Alcolumbre

  • 4.123 pousos e decolagens

4) Palmas (TO) – Brigadeiro Lysias Rodrigues

  • 5.161 pousos e decolagens

5) Porto Velho (RO) – Governador Jorge Teixeira de Oliveira

  • 5.868 pousos e decolagens

6) Aracaju (SE) – Santa Maria

  • 8.105 pousos e decolagens

7) Teresina (PI) – Senador Petrônio Portela

  • 8.161 pousos e decolagens

8) João Pessoa (PB) – Presidente Castro Pinto

  • 9.171 pousos e decolagens

9) São Luís (MA) – Marechal Cunha Machado

  • 11.253 pousos e decolagens

10) Aeroporto Internacional de Campo Grande (MS)

  • 11.345 pousos e decolagens

Entenda o ranking

Foram considerados neste levantamento apenas os voos comerciais regulares e não regulares de rotas domésticas realizadas durante o ano de 2022. Ainda estão incluídos pousos não programados (como em uma emergência a bordo).

O aeroporto que atende João Pessoa fica na cidade vizinha de Santa Rita (PB). Já o aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, atende à capital Curitiba (PR). O aeroporto Tancredo Neves, em Confins (MG), por sua vez, serve à região metropolitana de Belo Horizonte.

As informações foram extraídas do banco de dados disponível no site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Podem existir pequenas diferenças apresentadas entre os dados apresentados na reportagem e outros constantes em órgãos públicos, principalmente devido às diferenças de metodologia para o levantamento e a constante atualização dos bancos de dados abertos.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *