Lula acerta em veto, mas é preciso cuidado para desonerar

Lula acerta em veto, mas é preciso cuidado para desonerar

Para o colunista, essa decisão prejudica o Brasil, pois reduz a arrecadação sem garantia de nenhum benefício direto para a população.

Está na hora da gente começar a avaliar as políticas públicas direito. É importante a iniciativa do Ministério do Planejamento, com a criação da Secretaria de Avaliação e Monitoramento de Políticas Públicas, porque pode ser o início de introduzir no orçamento público, essa ideia de que a gente não pode ir com a inércia e fazendo gastos que estão sendo feitos há décadas. Felipe Salto, economista e colunista do UOL

É correta a decisão do veto. Acho que sim, pela própria declaração do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, o Congresso não vai ficar parado, vai tentar derrubar, mas quero lembrar que os municípios e os estados estão recebendo uma antecipação da compensação que a União acordou com o Supremo. Felipe Salto, economista e colunista do UOL

Conforme Salto, o valor desse repasse é de R$ 16,3 bilhões, o que já seria favorável aos estados e municípios.

Essa conta, na balança, quando a gente vai olhar bem, ela já está a favor dos municípios e estados. É preciso ter cuidado porque quando a gente fala desonerar, parece uma palavra bonita, vai tirar um fardo das costas de alguém desses 17 setores. Mas na verdade não, é manter um fardo pesado no resto do lombo da sociedade. Felipe Salto, economista e colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *