Javier Milei é eleito presidente da Argentina

A dúvida antes do segundo turno das eleições era onde iriam os votos de Patricia Bullrich do pleito para presidente da Argentina. Rival dos peronistas, sobretudo após a entrada da família Kirchner, a candidata que ficou em terceiro lugar nas eleições, também era mal vista pelo eleitores do Milei. Mas Patricia declarou voto em Milei.

Milei em segundo no primeiro turno das eleições

No primeiro turno das eleições na Argentina, ocorrido no último dia 22 de outubro, Sérgio Massa teve 36,78% dos votos (9,853 milhões) e Javier Milei, 29,99% (8,034 milhões).

Além dos dois finalistas, havia três candidatos na disputa pela presidência da ArgentinaPatricia Bullich (Juntos por el Cambio), candidata da direita tradicional, ficou com 23,81% da preferência do eleitor. O peronista do estado de Córdoba, Juan Schiaretti (Hacemos por Nuestro País), terminou a eleição na Argentina com 6,73% e Myram Bregman (Frente de Izquierda), candidata trotskista de esquerda, com 2,70%.

No primeiro turno, apenas 2% dos eleitores votaram em branco e menos de 1% anulou o voto para presidente da Argentina. Ao todo, cerca de 35,8 milhões de eleitores estão aptos para escolher o novo presidente da Argentina.

A taxa de comparecimento na votação do primeiro turno foi de 74%, de acordo com a Cámara Nacional Electoral, o menor patamar desde a redemocratização da Argentina, há 40 anos, segundo o jornal Clarín. O recorde negativo anterior havia sido de 76,2% na eleição de 2007, quando Cristina Kirchner venceu pela primeira vez as eleições.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *