GM volta atrás e suspende as mais de 1.200 demissões anunciadas em SP

GM volta atrás e suspende as mais de 1.200 demissões anunciadas em SP

A General Motors comunicou neste sábado, 4, que cancelou as 1.245 demissões nas fábricas de São José dos Campos, São Caetano do Sul e Mogi das Cruzes, todas no Estado de São Paulo. O anúncio feito aos três sindicatos de metalúrgicos que representam os trabalhadores nessas cidades ocorre um dia após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) ter rejeitado o pedido de liminar da montadora para que as demissões fossem mantidas.

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Valmir Mariano, a empresa afirmou que vai realizar uma reunião, na tarde de segunda-feira, 6, com as três entidades sindicais que está realizando trâmites internos para o cancelamento das demissões.

“A retomada dos empregos é uma vitória histórica, fruto da forte luta dos trabalhadores das três cidades. Foram 13 dias de greve e muita união em defesa dos empregos”, diz Mariano, que já convocou para hoje um churrasco em frente aos portões da empresa para comemorar a suspensão dos cortes anunciada em 21 de outubro.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *