Geraldo Alckmin cita compromisso após novo corte de juros

Geraldo Alckmin cita compromisso após novo corte de juros

No Brasil, o Copom considera que os dados da atividade econômica estão demonstrando sinais de desaceleração. O Comitê diz que a inflação ao consumidor manteve trajetória de desinflação, mas que segue acima do intervalo compatível com o cumprimento da meta. O BC também pontua que “as medidas mais recentes de inflação subjacente ainda se situam acima da meta para a inflação”.

Copom afirma que prevê uma nova queda de 0,5 ponto percentual na próxima reunião, que acontece em dezembro, se o cenário continuar dentro do esperado pelo BC. “Em se confirmando o cenário esperado, os membros do Comitê, unanimemente, anteveem redução de mesma magnitude nas próximas reuniões e avaliam que esse é o ritmo apropriado para manter a política monetária contracionista necessária para o processo desinflacionário”, afirma o BC em nota.

O Comitê não deu sinais de quando o ciclo de queda de juros deve terminar. Em nota, diz que a decisão dependerá “da evolução da dinâmica inflacionária”.

Veja repercussão:

A ministra do Planejamento, Simone Tebet, considera que o país está caminhando “na direção certa’.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *