Desistiram Da Franquia E Abriram Marca Própria

Desistiram Da Franquia E Abriram Marca Própria

Dois anos depois, o contrato com a franqueadora foi rompido. Segundo Flávio, ele e o irmão desistiram do negócio porque a franqueadora não tinha procedimentos definidos. “Ela não oferecia suporte necessário para os franqueados, como apoio logístico, e também ela não investia em inovações como atualização de cardápio”, afirma. Procurada pelo UOL, a Pastel Mel não respondeu às perguntas sobre as críticas do ex-franqueado.

Em 1997, os dois irmãos criaram a Mr. Pastel e, em 2011, o Mr. Cheff. O Mr. Cheff surgiu para expandir o negócio do Mr. Pastel e atender o público que buscava por refeições completas. O investimento foi de R$ 350 mil. “Na mesma época, rompemos a sociedade, e cada um de nós ficou com uma marca. Eu fiquei com o Mr. Cheff”, diz Flávio Gagliardi, que hoje é o único sócio.

O Mr. Cheff passou a operar no franchising em 2017. Hoje, a rede de restaurantes tem 19 unidades, sendo três próprias e 16 franquias. Para abrir uma franquia da marca, o investimento inicial é de R$ 350 mil. Mais informações no site da empresa.

Em 2022, o faturamento foi de R$ 38 milhões. O lucro foi de R$ 1 milhão.

O que faço para dar certo é sempre estudar. Não paro nunca de aprender e compartilhar experiência. Além disso, busco me cercar de profissionais competentes que podem fazer a diferença no meu negócio.
Flávio Gagliardi, fundador e CEO do Mr. Cheff

Ex-franqueado tem rede de ótica com 16 franquias

Marcio Kendi é fundador e diretor operacional da Ótica Center Imagem: Divulgação

Marcio Kendi, 38, investiu R$ 130 mil e comprou uma franquia da Óticas Carol, em Mauá (SP), em 2006. Na época, o pai de Kendi, Yoshio Tamai, era dono da Ótica Rubi, na mesma cidade. A Rubi, que funciona desde 1979, vendia semijoias e óculos e consertava relógios.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *