CVM multa em R$ 48 milhões envolvidos no esquema do ‘Rei do Bitcoin’

CVM multa em R$ 48 milhões envolvidos no esquema do ‘Rei do Bitcoin’

O “Rei do Bitcoin”, sócio da Bitcurrency; Johnny Pablo dos Santos, diretor da Bitcurrency; a Bitcurrency Moedas Digitais S.A.; e a CLO Participações, sócia da Bitcurrency, foram acusados de realização de oferta pública de valores mobiliários, sem o registro e sem dispensa. Eles não apresentaram defesa nos autos, apenas argumentos contrários à tese acusatória, durante a investigação.

A Bitcurrency Moedas Digitais S.A. e a CLO Participações receberam multa de R$ 18,5 milhões. Oliveira foi multado em R$ 9,25 milhões. Santos, em R$ 1,85 milhão. Os acusados chegaram a fazer proposta de Termo de Compromisso, sem oferta financeira, que foi recusada.

“As investigações que instruíram o PAS processo administrativo sancionador tiveram início com o recebimento pela CVM de denúncias sobre a impossibilidade de saque”, diz o relatório do diretor João Accioly, relator do caso. A área técnica da CVM concluiu que a Bitcurrency, sem registro ou sua dispensa, estaria ofertando publicamente contratos de investimento coletivo.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *