conclusão de fechamento definitivo de cavidades está previsto para 2025

“Adicionalmente, no contexto do monitoramento preventivo do solo que vem sendo realizado desde 2019, foram registrados recentemente microssismos e movimentações de solo atípicas concentrados no local da Cavidade 18, tendo a Braskem paralisado preventivamente suas atividades de preenchimento de poços na área, assim como as atividades preparatórias para o início do preenchimento da Cavidade 18”, afirmou a companhia, em comunicado ao mercado.

A Braskem disse, ainda, que o processo de desocupação preventiva da área da mina em Maceió se iniciou em dezembro de 2019 e que a área de risco do mapa definida pela Defesa Civil da cidade está integralmente desocupada. A área de resguardo no bairro do Mutange, onde fica a Cavidade 18, já estava desocupada, sem nenhuma pessoa residindo nessa área, desde abril de 2020.

“Os dados atuais de monitoramento demonstram que a condição de movimentação do solo segue concentrada na área da Cavidade 18. Todos os dados estão sendo compartilhados em tempo real com as autoridades, com quem a Companhia vem trabalhando em colaboração, prestando todas as informações”, afirma a Braskem.

BRK Ambiental atualiza situação sobre unidade de produção em Maceió

BRK Ambiental anunciou nesta segunda-feira (4) que acompanha a situação referente ao afundamento do solo no bairro do Mutange, em Maceió (AL).

Em comunicado, a empresa afirmou, de acordo com estudos técnicos preliminares e monitoramento diário realizado pela Defesa Civil de Maceió, que a unidade de produção de água localizada na região de Bebedouro, da qual a companhia é consumidora, não deverá sofrer impacto material relevante no caso de uma movimentação mais acentuada do solo.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *