caso em criação doméstica não altera status do Brasil

caso em criação doméstica não altera status do Brasil

Em nota enviada nesta terça-feira, 27, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) lembrou que o status do Brasil segue como “livre de gripe aviária de alta patogenicidade” perante a Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA), mesmo após a confirmação nesta terça-feira, 27, do primeiro caso da doença em uma criação doméstica de aves.

“A produção comercial segue sem registro (de casos)”, diz a ABPA. “Não se espera, portanto, que ocorram quaisquer alterações no fluxo das exportações brasileiras. Também não há qualquer risco ao abastecimento de produtos.”

O Ministério da Agricultura confirmou o caso em uma produção de fundo de quintal no município de Serra, no Espírito Santo. No plantel em questão, havia pato, ganso, marreco e galinha, segundo a pasta, em nota.

A ABPA elogiou, na nota, a “transparência e a manutenção do trabalho de excelência no monitoramento da enfermidade realizado pelo Ministério da Agricultura e pelas Secretarias de Agricultura dos Estados”.

Acrescentou, ainda, que os protocolos sanitários mantidos pela avicultura industrial no Brasil “mantêm-se nos mais elevados padrões de biosseguridade, preservando as unidades produtivas perante a enfermidade”.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *