Brasil fecha Cannes Lions 2023 com 92 troféus

Brasil fecha Cannes Lions 2023 com 92 troféus

As agências brasileiras de publicidade ganharam 92 troféus na edição deste ano do Cannes Lions, maior festival de criatividade do mundo, que aconteceu nesta semana, na França.

O que aconteceu

Agências e anunciantes brasileiros ficaram com 92 leões (como são chamados os troféus), na edição deste ano do festival: foram 2 Grand Prix, 1 Titanium, 11 de Ouro, 28 de Prata e 50 de Bronze.

O Estados Unidos foi país mais premiado: as agências norte-americanas ficaram com 218 leões

Mesmo com o bom desempenho, o Brasil ficou longe do seu recorde de 115 troféus, conquistados em 2013.

Os cases brasileiros mais premiados foram “Cartão da Transparência”, da AKQA SP para o site Congresso em Foco; “Never done evolving”, também da AKQA SP, em parceria com a AKQA Portland, para a Nike e “The best-seller Constitution”, da Gut SP para o Mercado Livre.

Outra campanha brasileira vencedora foi “TERR4”, criada pela AlmapBBDO para o Pacto Global da ONU, que levou o Grand Prix na categoria Creative B2B.

“Bring Home The Bud”, criado pelas agências brasileiras W+K SP e Africa, ao lado da norte-americana W+K NY para Budweiser, ganhou um leão de Titanium, que premia as “grandes ideias” do evento.

Em Film, categoria que deu início ao festival há 70 anos, o Brasil ficou com apenas uma Prata, para “Buscapé”, criado pela VMLY&R para Vivo e Motorola.

Cartão da Transparência é ação mais premiada

A campanha de marketing brasileira mais premiada foi “Cartão da Transparência”, criada pela agência AKQA São Paulo para o site Congresso em Foco.

A ação conquistou 6 leões, sendo 2 de Ouro, 3 de Prata e 1 de Bronze, em 5 categorias diferentes (Design Craft, Creative Data, Direct, Innovation e Mobile).

O “Cartão da Transparência”, lançado em setembro do ano passado, é uma ferramenta que facilita o acesso aos gastos dos parlamentares federais. Ele permite monitorar como deputados federais e senadores usam o dinheiro público, recebendo notificações diretamente no celular:

Brasil fica com 2 Grand Prix

Agências brasileiras ficaram com dois Grand Prix, que premiam as melhores ideias em cada categoria. A AKQA São Paulo ficou com um deles, em Design Craft, para a campanha “Never done evolving”, criada para a Nike – em parceria com a AKQA Portland.

Como homenagem a aposentadoria da tenista Serena Williams das quadras, a Nike criou um jogo, com ajuda de inteligência artificial, entre a atleta de 1999, quando ela venceu seu primeiro Grand Slam, e a de 2017, quando se tornou a maior vencedora do tênis feminino mundial.

“Never done evolving” também conquistou outros 3 prêmios: Prata em Design Craft, Bronze em Creative Data e Bronze em Social & Influencer:

O outro GP foi para a campanha “TERR4”, criada pela agência AlmapBBDO para o Pacto Global da ONU, na categoria Creative B2B.

A iniciativa transformou a Terra em uma empresa de capital aberto, defendendo as oportunidades de investimento nessas ações, apesar de seu momento de baixa, mas da enorme oportunidade de recuperação.

A campanha chegou a ter abertura simbólica de mercado na B3. Há IPOs previstos para outros países. O primeiro deles será em Nova York (EUA):

Titanium para o Brasil

A ação de marketing “Bring Home The Bud”, da marca de cerveja Budweiser, ganhou um leão de Titanium, que premia as melhores ideias do evento. A campanha foi criada pelas agências brasileiras Wieden + Kennedy São Paulo e Africa, ao lado da norte-americana Wieden + Kennedy NY.

Às vésperas da Copa do Mundo de futebol, no ano passado, o governo do Catar, sede do mundial, resolveu proibir a venda de bebida alcoólica nos estádios.

A marca transformou o problema comercial em uma oportunidade de marketing: prometeu doar todas as cervejas que venderia durante o mundial para o país vencedor da Copa do Mundo.

Com ações em mídia exterior, a iniciativa fez sucesso nas redes sociais – e, no fim das contas, o carregamento de cerveja foi parar em Buenos Aires (Argentina). A ação de marketing também ganhou leões de Prata na categoria PR e bronze, em Creative Strategy.

Assista ao case, com legendas:

Promoção com a Constituição Federal

Uma outra iniciativa que foi bem avaliada pelos júris foi “The best-seller Constitution”, da agência Gut SP para o Mercado Livre. Na campanha, o varejista de e-commerce anunciou uma promoção de venda de edições físicas da Constituição Federal, que passaram a ser comercializadas por um valor simbólico.

A ação veio como uma resposta aos atos antidemocráticos que aconteceram no começo de janeiro deste ano, em Brasília, quando o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e a sede do Superior Tribunal Federal foram alvos de vandalismo e depredações.

Confira o case que ganhou 5 leões no festival – 2 de Prata, nas categorias PR e Direct e 3 de Bronze, em Print, Direct e Creative Strategy (em inglês):

Ambev vence entre os anunciantes

Entre as marcas brasileiras presentes no evento, a Ambev foi a mais premiada. A empresa encerrou o festival deste ano com 13 troféus: além do Titanium, a marca conquistou 1 Ouro, 2 Pratas e 9 Bronzes.

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *