Após demitir mais de 10 mil, Americanas abrem 1.200 vagas temporárias

Após demitir mais de 10 mil, Americanas abrem 1.200 vagas temporárias

O salário não é informado pelas Americanas. A companhia afirma que a remuneração é “compatível com o mercado”, e ainda oferecerá vale-transporte, vale-refeição ou alimentação no local. Também passarão pela integração e ambientação, além de treinamentos técnicos para a realização das atividades operacionais.

Americanas ainda prometem mais vagas temporárias. A partir de outubro, a varejista deve abrir contratações em lojas físicas em todo o país, mas ainda não revelou detalhes.

As Americanas demitiram 10.218 funcionários nos últimos 8 meses. Somente entre 14 e 20 de agosto, foram 1.450 desligamentos, o maior número até então. De acordo com o balanço mais recente, a empresa tem 33.948 funcionários diretos e 1.806 lojas abertas. Os dados foram levantados pelo UOL a partir de informações enviadas pela companhia à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) até 31 de agosto.

As Americanas estão em recuperação judicial desde 19 de janeiro. A empresa tem dívidas declaradas de R$ 42,5 bilhões —o rombo foi inicialmente classificado como uma “inconsistência contábil” de R$ 20 bilhões.

Para dar conta do esperado aumento do volume de pedidos nas lojas, sites e apps nos eventos, a companhia busca pessoas ágeis e dinâmicas, com idade a partir de 18 anos e disponibilidade de horário.
Americanas, em nota

FONTE UOL

Investidor jv

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *